Conheça os atrativos turísticos de Faria Lemos



A atual cidade de Faria Lemos teve origem nas terras da antiga Fazenda de São Mateus, de propriedade de um português chamado Alberto.

Conta-se que, no início do século XIX, um grupo de homens chefiados por Francisco José da Silva, José Moreira Carneiro e Major Américo Lacerda intimaram o dono da fazenda a ceder terras para a formação de um povoado. Assim nasceu o povoado de São Mateus.

Em 1890 já era distrito, passando a município em 1953, com o nome de Faria Lemos.Ao longo de toda a rota, caminha-se por apenas três quilômetros de estrada asfaltada: o trecho que liga o trevo de Faria Lemos até a cidade. A estrada tem pouco movimento, é toda arborizada e possui dois bicões de água para banho. Faria Lemos, cujo padroeiro é São Mateus, é uma das menores cidades do país. Ali o caminhante encontrará um precioso tesouro, talvez o mais buscado pelos homens em todo o planeta: a paz.

A cidade, no passado, foi aterrorizada pelo famoso Coronel Novaes, um dos mais temidos coronéis da época, sempre escoltado por seus jagunços, que faziam sentinela nos morros, protegendo-o. Conta-se que, certa vez, quando uma guarnição de policiais saiu em sua captura, foram todos mortos e devolvidos em uma carroça à porta da delegacia, com as homenagens do Coronel. Novaes era proprietário de uma das mais belas fazendas da região. Este imponente casarão do século XIX foi restaurado, mantendo a senzala e todas as suas características originais, sendo atualmente de propriedade do Sr. Napoleão Rodrigues Batalha. Anteriormente banhada por sangue e pavor, Faria Lemos é, hoje, pacífica e ordeira. Uma lei municipal extinguiu sua cadeia pública, que não mais era utilizada.

Na cidade, também não há delegacia, apenas um posto da Polícia Militar, que, felizmente, raramente é acionado para coibir crimes. Batizada como a Esmeralda da Zona da Mata, Faria Lemos, cujos habitantes, em sua maioria, são conhecidos por apelidos, está situada a 329 metros de altitude e guarda em suas terras, entre outras fazendas centenárias, a das Palmeiras, com um tradicional alambique que produz a Cachaça Nota 10.

Pontos turísticos

Caminho da Luz

Na manhã seguinte, rumando para Faria Lemos, passa-se pela Pedra do Lagarto, onde, segundo a lenda, um velho índio entoava cânticos de louvor à natureza, produzindo uma concentração energética que atraía os nativos para a base da pedra, onde recebiam benefícios para o corpo e para a alma, proporcionados por aquele canto mágico, conforme relatou Geraldo Júlio da Silva, que, aos 104 anos, ainda se recorda das histórias contadas por seus antepassados sobre o Velho Xamã da Pedra do Lagarto.

Cachoeira Surpresa

Local próprio para banho e prática de rapel. A Surpresa sempre surpreende seus visitantes, pois ali é comum a fluência de verdadeiros espetáculos da natureza. Os raios solares, ao atravessarem as águas que jorram do alto do paredão de pedra, formam arco-íris em abundância, que dão uma magia especial ao lugar. Neste dia, durante um longo trecho, o caminhante é acompanhado por árvores centenárias e pelas águas que descem do Cafarnaum e formam o rio São Mateus, que, em Faria Lemos, deságua no rio Carangola.

Como chegar a Faria Lemos

Distância de Muriaé: 71 KM pela BR-356 e RJ-230 (opções de trajetos: 96 KM pela BR-116 e BR-482; 86 KM pela BR-356 e RJ-214)


Exibir mapa ampliado

Fonte: Portal Férias / Foto: Sgt Rangel

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.