CONDESC será extinto no fim do ano



Assembléia Geral Ordinária e Extraordinária, realizada no dia 19 de novembro, tratou da extinção CONDESC – Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural de Muriaé e Região. Membros do conselho decidiram por unanimidade de votos aprovar a extinção da associação, com fim das atividades da entidade em 31 de dezembro de 2012.

O convênio de custeio entre a instituição e a Prefeitura de Muriaé será revogado. O patrimônio da associação será transferido, logo após sua extinção, ao Centro de Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural de Muriaé e Região.

Veja a ata completa da assembléia:

http://2.bp.blogspot.com/-cgdgXIQ9CgQ/UMBYXPCQ0YI/AAAAAAAAA7I/eDSnrgOP0Uc/s1600/Ata+extin%C3%A7%C3%A3o+CONDESC.jpg

Inquérito civil público

Em 17 de julho, o Ministério Público de Minas Gerais, através da 7ª Promotoria de Justiça de Muriaé, havia instaurado um inquérito civil público, em que, de acordo com os autos, “questionava o regular funcionamento e gestão de recursos por parte do CONDESC – Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural de Muriaé e Região“.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Rio Nosso

Últimas notícias em vídeo



2 comentários para “CONDESC será extinto no fim do ano”

  1. Vardiero Moreira Alves says:

    É a mistureba do público e privado em Muriaé. O dinheiro entra pelo público e sai pela privada, quer dizer, privado.

  2. JOSE ANACLETO DE FARIA says:

    De acordo com o art. 167 da Lei Orgânica de Muriaé, o Município deve manter um “CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO que terá por objetivo estimular e orientar a produção, a expressão do mercado de trabalho, o desenvolvimento tecnológico do Município, a racionalização e a coordenação das ações do Governo Municipal e o incremento das atividades produtivas, bem como defender os interesses do povo através da política de defesa do consumidor, e promover a justiça e solidariedade social”.

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.