CUFA Muriaé desenvolve na cidade e região o projeto RAPensar



O RAPensar é um projeto da CUFA Muriaé que tem por objetivo geral trabalhar a Literatura e o RAP enquanto ferramentas de expressão social e cultural. Se justifica por dialogar com a subjetividade necessária à reafirmação dos espaços periféricos enquanto territórios que têm na sua expressão cultural muito mais do que uma expressão social ou econômica.

Através do protagonismo que a literatura possibilita o projeto busca associar formas de expressões que nasceram do cotidiano- nesse nosso caso, o RAP- vivido e experimentado por grupos específicos, mostrando toda contemporaneidade dessas expressões e desmistificando a imagem estritamente folclórica que circunda a imaginação quando se fala em cultura de periferia.

Utilizando-se de uma linguagem clara, objetiva e peculiar do público alvo (adolescentes do ensino médio), a equipe técnica do projeto (composta por um Mestre em Literatura Brasileira, uma Assistente Social e três MC’s) leva palestras, apresentações, distribui livros e promove dinâmicas com os expectadores, buscando pontos de identificação que possam facilitar a comunicação entre ambos.

Até o momento, três cidades receberam o RAPensar, sendo elas: Eugenópolis, Patrocínio do Muriaé e Itamarati de Minas. No total, até o momento, cerca de 800 pessoas já participaram diretamente do projeto que deve chegar à Muriaé em meados de junho. Até lá, cidades como Astolfo Dutra, Cataguases, Laranjal e Barão do Monte Alto estarão sendo contempladas.

O próximo evento, que está agendado para o dia 27 de março, acontecerá na cidade de Astolfo Dutra, numa parceria inédita com a ONG ASSIBE.

Fonte: Juliana Castro

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.