Geofone ajuda a resolver vazamento em tubulação no bairro Planalto



Utilizado a partir de janeiro deste ano, o aparelho geofone continua contribuindo para a identificação de vazamentos na rede de distribuição de água potável em Muriaé. Nos últimos dias, o equipamento da Prefeitura Municipal foi novamente eficaz ao detectar problemas em tubulações, ajudando a minimizar o desperdício de água na cidade.

Os serviços, realizados pelo Departamento Municipal de Saneamento Urbano (DEMSUR), aconteceram primeiro na Rua Vereador Joaquim Pereira, no bairro Planalto. Dias depois, a equipe da Divisão de Águas de Esgotos da autarquia solucionou problema que havia a 1,5m de profundidade na Rua Rosa Ferrari Braz, no Safira, com a utilização do equipamento. O geofone tem capacidade de detectar vazamentos que não chegam a aflorar, mas que são responsáveis por provocar perda de até 35% da água potável distribuída na cidade. A meta é reduzir este índice pela metade até o fim do ano.

O prefeito Grego lembra que a utilização do equipamento tem gerado resultados positivos para a manutenção das redes. “Só nesses seis primeiros meses de 2017, cerca de 100 vazamentos foram corrigidos graças à ajuda do aparelho, evitando a falta de água nos bairros. É assim que se constrói um novo caminho para nossa cidade: trabalhando com ações eficazes e que ajudam a oferecer mais qualidade de vida para os muriaeenses”, afirma.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.