Lançamento do projeto Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé



Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé

Foi lançado na manhã desta segunda-feira (17) o projeto Rede de Comerciantes Protegidos. O evento aconteceu na Praça João Pinheiro, no Centro, e contou com a participação de diversas autoridades policiais, representantes e comerciantes associados da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

O Tenente Coronel Marco Antônio Rodrigues, comandante do 47º Batalhão de Polícia Militar (BPM), ressaltou a importância do projeto, que é uma adaptação da Rede de Vizinhos Protegidos, e tem como objetivo o exercício da cidadania e solidariedade entre os lojistas participantes, através do cuidado recíproco nas questões de segurança pública, minimizando as possibilidades de crime e aumentando a sensação de segurança pública. A Rede visa multiplicar a vigilância através de “câmeras vivas”, constituindo cada proprietário e funcionário em agentes de prevenção do crime, sendo que de forma alguma constituí privilégios para os lojistas e prejuízo para o cidadão comum, pelo contrário, os lojistas são os que estarão contribuindo para a sua segurança e ajudando a população a transitar mais segura pelo Centro da cidade.

O Comandante do 47º BPM destacou ainda as pretensões do projeto, que são:

  • Pretende-se dotar os Policiais Militares de um aparelho celular para que sejam contactados pelos comerciantes em casos de averiguações e soluções de problemas de segurança;
  • Pretende-se implementar o policiamento através de ciclo-patrulhas, de modo a permitir contatos com os lojistas e rápidos deslocamentos pelo trânsito da área central;
  • Pretende-se criar um banco de dados, com fotos e filmagens dos criminosos, para definição do padrão e conhecimento dos modos de ação;
  • Pretende-se a correta instalação de câmeras e botões de pânico, de forma a monitorar e fortalecer a sensação de segurança dos comércios;
  • Não pretende-se substituir o sistema de rádio-patrulhamento e do atendimento emergencial via 190, mas sim será buscado fortalecer a interação comunitária, dando enfase a prevenção, quando os aspectos logísticos, materiais e humanos não são suficientes para desempenhar todas as atividades necessárias, a busca dessa interação e de outros mecanismos que fortaleçam a segurança torna-se necessária.

Segundo Gustavo Ferreira Oliveira, presidente do CDL, o projeto é uma iniciativa da entidade em parceria com a Polícia Militar. Mais de 300 empresas foram visitadas e informadas sobre a Rede, sendo que grande parte delas aderiram e foram instruídos quanto os procedimentos para participação. Sendo que os comércios participantes da Rede terão uma placa de identificação fixada na área externa dos mesmos.

Veja a galeria de fotos:

Fonte e fotos: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Um comentário para “Lançamento do projeto Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé”

  1. Cristina says:

    Parabéns à CDL pelo projeto ,que visa não só a proteção dos proprietários lojistas como também dos consumidores e da população que terá mais segurança em tansitar pelo centro da cidade .

    Também gostaria de parabenizar ao Nélio Araújo , presidente da Associação Pró Desenvolvimento de Muriaé e a todas as instituições que fazem parte da APDM , que HÀ ANOS vem tentando implantar o projeto OLHO VIVO na nossa cidade e até então não haviam tido o devido apoio.

    o PROJETO OLHO VIVO é fruto do trabalho e da preocupação deste grupo incansável e batalhador.
    Parabéns à APDM e que outros projetos venham para melhorar a qualidade de vida dos Muriaeenses.
    SUCESSO !

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.