Muriaé recebe Comissão Especial para Enfrentamento do Crack



A Comissão Especial para o Enfrentamento do Crack da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizará uma audiência pública em Muriaé (Zona da Mata) na próxima quinta-feira (31/5/12). O encontro será realizado às 9 horas no Teatro Zacaria Marques (Av. Constantino Pinto, 400 – Centro), atendendo a requerimento do deputado Doutor Wilson Batista (PSD).

De acordo com o deputado, a audiência se faz necessária em função do alto índice de homicídios em Muriaé, que está entre os municípios mais violentos do Estado. Segundo ele, praticamente todos os crimes violentos na cidade tem relação com o tráfico de drogas. Doutor Wilson Batista afirmou também que as audiências no interior são fundamentais “para conhecer melhor a realidade de diferentes regiões, propor políticas voltadas ao enfrentamento do crack e ajudar o Governo de Minas a aprimorar o programa Aliança pela Vida, que veio para reduzir o drama das famílias que sofrem com o problema da dependência”.

A comissão já esteve nas cidades de Uberlândia e Uberaba e deve visitar ainda os municípios de Manhuaçu (Zona da Mata), Caratinga (Vale do Rio Doce), Governador Valadares (Vale do Rio Doce), Viçosa (Zona da Mata), Almenara (Jequitinhonha) e Juiz de Fora (Zona da Mata). O objetivo é elaborar um documento com sugestões de políticas públicas para diminuir o consumo do crack em Minas Gerais.

Foram convidados para participar da reunião o prefeito de Muriaé, José Braz; o presidente da Câmara Municipal, Vander Gonçalves de Oliveira; o juiz da Vara Criminal da comarca, Augusto Vinícius Fonseca e Silva; o defensor público Marcus Tarcísio Silva de Castro; a promotora Jackeliny Ferreira Rangel; o subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Cloves Benevides; a presidente da OAB/MG – Subseção de Muriaé, Ana Paola Medeiros de Oliveira Carneiro; o presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública, Wolney Rosa da Silva; o presidente da Comunidade Terapêutica El Shaday, Otávio de Assis dos Santos; o presidente do Conselho Municipal Antidrogas, Fabiano Antônio de Oliveira e Silva; e o comandante do 47º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Rodrigues.

Fonte: Assembléia de Minas

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.