Prefeito de Muriaé deve decretar emergência diante das chuvas



A chuva segue causando estragos em Muriaé. Nas últimas 72 horas, pelo menos quatro bairros foram atingidos. A Defesa Civil registrou 26 ocorrências de deslizamentos e, desde domingo (22), 200 ligações foram recebidas de moradores com problemas de alagamento. Oito famílias ficaram desalojadas, mas já se deslocaram para casa de parentes. Ainda conforme o órgão, no total, neste período, 164,8 milímetros de chuva foram registrados, sendo que o limite de segurança é de 60 milímetros. A média de dezembro já é o dobro do registrado no mesmo período do ano passado.

A Barra é o bairro mais atingido da cidade, várias ruas foram tomadas pelas águas do Rio Muriaé (foto), que chegou a 2,75 metros acima do normal.

A Prefeitura enviou nesta segunda-feira (23), um relatório para Belo Horizonte com a intenção de decretar situação de emergência. Segundo o prefeito Aloisyo Aquino, a resposta sai em quatro dias.

Fonte: G1 / Foto: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.