Tiro de Guerra 04-016 forma novos atiradores



juramento-a-bandeira-tg-04-016-foto-guia-muriae

Aconteceu no sábado (26), no CEFAS (Centro de Formação e Assistência à Saúde), a formatura da turma 2016 do Tiro de Guerra 04-016 de Muriaé. Durante a solenidade, 84 atiradores fizeram o juramento à bandeira. A formatura reuniu autoridades militares e civis, além de familiares dos atiradores.

– Começamos o ano com 100 atiradores, desde então 16 foram desligados por falta e/ou motivos de saúde. Oficialmente, o período de instrução teve início no dia 1º de março e segue até o dia 30 de novembro, mas todas as instruções já foram ministradas. Em janeiro vamos começar a seleção dos atiradores da turma 2017 – disse o instrutor-chefe do TG 04-016, sargento Valle.

Durante todo esse período, os atiradores tiveram diversas instruções e assistiram a várias palestras.

– Nosso programa padrão, que visa à formação de combatente de força territorial, tem uma carga horária bem extensa e um currículo bem diverso. Entre as instruções ministradas, temos a ordem unida, tiro, camuflagem, construção de abrigos, progressão diurna/noturna, orientação por bússola, dentre outras – explicou o instrutor do TG 04-016, sargento Marco.

Mesmo após a formatura, os atiradores ainda podem, durante o período de cinco anos, serem convocados para exercícios militares ou até mesmo uma situação real.

Fonte: Guia Muriaé



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.