Diretores muriaeenses têm curta metragem selecionado para festival em Cuba



Filme Do Lado de Fora

Depois de participar de 18 festivais, o curta-metragem ‘Do Lado de Fora’, produzido e dirigido pelos muriaeenses Paulo Vinícius Luciano e Matheus Peçanha, foi selecionado para participar do 34° Festival Internacional de Cinema de Havana, em Cuba, que acontece de quatro a 14 de dezembro.

O filme contou com a ajuda da Lei Alcyr Pires Vermelho e da Fundarte. O curta conta a história de Plínio, um garoto de 10 anos que deixa a cidade a vai morar com sua avó na zona rural. Pouco acostumado com o cenário a sua volta, a criança decide se trancar no antigo casarão, deixando de lado a natureza que o cerca. Certo dia, seu boneco Frank cai debaixo de sua cama. Lá ele encontra um portal que o leva para o lado de fora da casa. Frank agora havia se tornado humano, e junto de Plínio, eles irão explorar a liberdade até então ignorada.

A ideia do curta metragem surgiu depois de um projeto que paulo desenvolveu junto as crianças. Ele começou a ser gravado em julho de 2011, ficou pronto em agosto deste ano e já participou de 18 festivais em diversas partes do país e do mundo!

O próximo passo para o produtor e diretor do curta é conseguir patrocínio para embarcar rumo a Havana, e as expectativas são as melhores.

Fonte: Mega Minas

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.