Câmara de Muriaé tem reunião com amplo debate e participação popular



A segunda Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Muriaé de 2017 ocorreu, nessa terça-feira (14), em clima de debate, ampla participação popular, aprovação das representações dos vereadores e de três projetos de Lei.

Além disso, durante a reunião, foi divulgada pela mesa diretora a relação dos nomes dos integrantes de cada uma das quatorze Comissões Permanentes da Casa para o ano vigente.

Câmara cheia e amplo debate entre vereadores

A sessão foi marcada por uma Casa Legislativa cheia de populares e amplo debate entre os vereadores, além da abertura da Tribuna para a manifestação popular. Durante a sessão, vários temas propostos foram debatidos, como a convocação de uma audiência pública para tratar dos problemas enfrentados pelo Hospital São Paulo, o local para a nova instalação da Junta Militar, o apoio municipal a entidade que atende crianças com síndrome de down, a aprovação de moradias pela Caixa em regiões carentes de infraestrutura, a situação do Vermelho II, liberação de recursos para obras de prevenção da enchente, dentre outros.

Fizeram uso da palavra os vereadores Ademar Camerino, David Lacerda, Devail, Evandro Cheiroso, Helena Carvalho, Jair Abreu, Dr. José Carlos, Professor Júlio Simbra, Miriam Facchini, Reginaldo Roriz e Ciso, além do presidente Carlos Delfim que exerceu controle do tempo de fala dos vereadores conforme estipulado no Regimento Interno a fim de ofertar a todos espaço para se manifestar.

Também fizeram uso da Tribuna Moises e o tenente Thiago Lemes, pelo Instituto Mateus Sena, Antônio de Lima, da Associação de Moradores da Barra, e Romylson Oliveira, da Associação de Moradores do bairro Primavera.

Representações e novos projetos de Lei foram aprovados

Todas as representações efetuadas pelos vereadores em janeiro e as duas primeiras semanas de fevereiro, que foram lidas nas duas primeiras sessões deste ano, foram aprovadas por unanimidade dos vereadores.

Durante a reunião foram aprovados também três projetos por todos os vereadores. O projeto da vereadora Miriam Facchini que institui a Política Municipal dos Direitos das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista foi um deles. Esta política possui sete diretrizes propostas que convergem para a questão da necessidade de inclusão das pessoas com transtorno do espectro autista, por meio da realização de ações inter setoriais, participativas e multiprofissionais, visando à inserção daquela parcela da população no mercado de trabalho e nos demais segmentos sociais.

O outro projeto aprovado é do vereador Ademar Camerino que deu a denominação de Rua Clóvis Malafaia da Cunha à Rua Projetada F (sem saída), que se inicia na primeira entrada atrás da Igreja Católica do bairro São Joaquim. Já o terceiro é do Executivo Municipal e altera alguns pontos específicos do Estatuto dos Servidores Municipais e dos Planos de Cargos e Salários da Administração Direta e Indireta do Município.

Fonte: CMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.