Comissão aprova cotas para negros em concursos públicos; 20% das vagas serão reservadas



A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou nesta manhã o Projeto de Lei 6738/13, que reserva 20% das vagas de concursos públicos para negros.

A proposta, de autoria do Executivo, recebeu parecer favorável do relator deputado Vicentinho (PT-SP) e teve apenas um voto contrário: do deputado Sílvio Costa (PSC-PE).

Em entrevista à TV Câmara hoje, Vicentinho e Sílvio Costa defenderam seus pontos de vista.

O relator explicou que essa cota não será permanente, valerá por apenas 10 anos. “O texto visa buscar o equilíbrio social”, disse Vicentinho, lembrando que, dos 513 deputados desta legislatura, apenas 40 são negros.

Mas, para o deputado Sílvio Costa, o projeto é uma afronta à raça negra. Para o parlamentar, o sistema de cotas é inconstitucional porque, segundo a Constituição, todos são iguais perante a lei.

Silvio Costa disse ainda que, durante a votação do projeto, sugeriu que a cota fosse destinada a estudantes negros que comprovassem ter estudado pelo menos 7 anos em escola pública. A sugestão de Costa foi rejeitada.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.