Lei Ficha Limpa é votada na Câmara Municipal



Lei Ficha Limpa é votada na Câmara Municipal

Os vereadores muriaeenses votaram, na sessão da última segunda (25), no Projeto de Lei Ficha Limpa do Pastor Antônio Augusto. Neste sentido, a proposição já havia passado pelo Legislativo e sido aprovada, mas o prefeito José Braz vetou alguns incisos que julgou impertinentes às exigências para se contratar um cidadão com condições dignas de serviço. Logo, o projeto que trata dos critérios para a contratação de secretários municipais, ordenadores de despesas, presidentes e diretores presidentes de autarquias, de fundações, de empresas de economia mista, companhias e institutos pertencentes à Muriaé foi vetado parcialmente.

O projeto manteve muitas exigências no que se refere ao “Ficha Limpa” em Muriaé: os diretores e chefes de empresas que atentarem contra a economia popular, a fé pública, a administração pública ou patrimônio público ou privado não poderão ocupar os cargos de confiança, assim como àqueles que condenados por crimes contra o sistema financeiro, o mercado de capitais, contra o meio ambiente, saúde pública e, mesmo que tenham antecedentes criminais, não serão aptos a ocupar os cargos.

Fonte: Câmara Municipal

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.