Polícia Rodoviária Federal-MG entra em greve; Atendimento continua apenas para casos de emergência



Polícia Rodoviária Federal-MG entra em greve; Atendimento continua apenas para casos de emergência

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais entraram nesta segunda-feira (20) de greve. Policiais mineiros e de pelo menos outros 20 Estados aderiram a greve nacional e prometem fazer vista grossa às infrações de trânsito e somente atender casos emergenciais. Com isso, a categoria suspendeu a realização de fiscalização com bafômetro, blitze educativas, radares de velocidade móveis e até escoltas a carretas.

Chefes de postos da PRF ameaçam entregar seus cargos. Os policiais pedem ampliação do efetivo e aumento salarial de R$ 5.000 para R$ 8.500.

A categoria se reúne nesta terça-feira (21) com a União, em Brasília, para discutir as reivindicações.

Leia também:

Governo federal enfrenta greves em série e população é quem “paga o pato”

Fonte: Guia Muriaé, com informações de O Tempo

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.