Prefeito pode vetar aumento dos salários do legislativo e executivo



Prefeito pode vetar aumento dos salários

A aprovação de novos salários para prefeito, vice – prefeito, secretários, vereadores e funcionários de autarquias, feita por parte dos vereadores na reunião ordinária de segunda-feira (25), onde sete deles aprovaram o aumento de 38% para o legislativo e apenas os vereadores Dr. Carlos Wilson, João Fiscal e Sinésio Melo foram contra, pode não ser aprovado pelo executivo municipal.

Mesmo com o recesso no mês de julho, que foi anunciado durante a semana os vereadores podem ter que voltar a se reunir extraordinariamente, se a decisão do executivo for de veto a aprovação dos novos salários, que podem entrar em vigor no dia 1º de janeiro, para aqueles forem eleitos para o mandato 2013 a 2016.

Fonte: Claudio Cordeiro

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.