Renzo Braz justifica voto favorável ao arquivamento da denúncia contra Temer



Nesta quarta-feira (2), a denúncia contra o presidente Michel Temer foi rejeitada em votação na Câmara dos Deputados. Com o resultado, a Casa não aprova a admissibilidade para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue Temer.

Com essa decisão, a denúncia é suspensa e só pode ser retomada depois que Temer deixar a Presidência da República. No dia 26 de junho, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF a denúncia contra Temer, com base na delação premiada de Joesley Batista, dono do grupo JBS. Foi a primeira vez que um presidente da República foi alvo de um pedido de investigação no exercício do mandato.

Renzo Braz foi um dos deputados que votou a favor do arquivamento da denúncia contra Temer. Ele disse ser contra paralisar o país por mais 180 dias, mas afirmou ser a favor de todas as investigações contra corrupção, que serão retomadas ao término do mandato do presidente, que irá perder o foro privilegiado.

Confira na íntegra a nota do parlamentar muriaeense:

“Ocupar o cargo de Deputado Federal, eleito pelo voto popular, é minha maior responsabilidade. São decisões árduas e diárias, que dizem respeito à toda população. Empresário e empreendedor experiente, tenho plena convicção de que o Brasil começa a se recuperar da crise econômica e que, uma troca de presidente paralisaria mais uma vez o país, impedindo a implantação de importantes políticas públicas, colocando em risco o controle da inflação, a retomada do crescimento econômico, a queda dos juros, a geração de empregos, a aprovação de reformas importantes, como a Tributária e a Política, entre outros benefícios para milhões de brasileiros. Sou a favor da investigação da lava jato, da punição para caixa 2 e qualquer tipo de corrupção. Quero passar o Brasil a limpo e para tal, confio na Justiça Brasileira. Sob esses argumentos, justifico a minha votação. Votei pela aprovação do relatório final da CCJ. O processo que corre na Câmara dos Deputado diz respeito a paralisar ou não o Brasil por mais 180 dias. Diz respeito a ser governado por um presidente interino até abril de 2018. Diz respeito à estagnação da economia, à queda dos investimentos, emprego e renda. Quanto à culpa ou inocência do Presidente, a Justiça continuará investigando e, se necessário, o cidadão Michel Temer será julgado normalmente, sem foro privilegiado, após o término do seu mandato”, Renzo Braz – PP MG

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



4 comentários para “Renzo Braz justifica voto favorável ao arquivamento da denúncia contra Temer”

  1. GINO says:

    SO ESQUECEU DE FALAR QUE OS DEPUTADOS FORAM COM UMA BELA VERBA PALAMENTAR

  2. GINO says:

    ENTAO PORQUE NAO VOTAR COM O PRESIDENTE

  3. de olho says:

    Eu so falo uma coisa , vcs dois Renzo e Mizael vcs dois como filhos de papai,empresarios , se esquecem da populaçao carente que norteam a sua cidade natal,na qual esta sem emprego para seus votantes , se vcs nao tiverem vergonha na cara , canditaram denovo ai vai aparecer nas ruas as fotos que conseguimos de vc dois votando audios no carros isso vcs nao poderam impedir como impediram a investigaçao imediata de TEMER , aquarde pra ver .

  4. Tatiana says:

    Conversa pra boi dormir! Por mto menos e sem nenhuma preocupação com o país, golpearam uma presidente legítima! Agora essa desculpa mais esfarrapada! Realmente esses deputados pensam que o povo não raciocina! Só pode! Aff…

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.