Termina recesso do Legislativo e verbas chegam ao município



Termina recesso do Legislativo e verbas chegam ao município

O fim do recesso da Câmara Municipal de Muriaé em 01 de agosto foi marcado pela primeira reunião ordinária do segundo semestre que aconteceu neste dia 06. Além dos pedidos de asfaltamentos para os bairros Vale do Castelo, São Joaquim (ruas de circulação de transportes coletivos), Dornelas (anel viário), São Gotardo e João XXIII, os vereadores também solicitaram à Administração Municipal muros de contenção para o bairro Padre Tiago. Um projeto foi aprovado e grandes recursos chegaram para diversos setores do município.

O projeto de lei que entrou em votação foi o que extinguiu o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural de Muriaé. Na verdade foi apenas uma modificação na redação. Houve um erro ao redigir o documento anterior (Lei Municipal 2.854/2003), pois o conselho extinguido tem como nome correto Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Setor de Confecções de Muriaé. Tal órgão normativo não existe mais.

Dentre os ofícios recebidos pela Câmara vários deles fizeram menção às verbas destinadas à Muriaé. Estão liberadas para serem investidas no município: 198 mil reais para a aquisição de quatro ambulâncias; 80 mil reais para a construção de quadra poliesportiva; 300 mil reais para a Casa de Caridade Hospital São Paulo; 381 mil reais, através da Secretaria de Estado de Esporte, para a reforma da lavanderia comunitária, da quadra poliesportiva e vestiário do CSU (bairro Santa Terezinha); 457 mil para a aquisição de equipamentos para o Centro de Hiperdia, entre outras dotações. Os ofícios passam pelo Poder Legislativo para dar ciência aos vereadores dos recursos designados à Administração Pública.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.