Vereadores aprovam projetos e fazem Parecer sobre remuneração dos professores



Vereadores aprovam projetos e fazem Parecer sobre remuneração dos professores

Além dos quatro projetos de lei que autorizam o Prefeito a remanejar recursos entre as secretarias da Prefeitura, foi aprovado na reunião desta semana, dia 18 de junho, na Câmara Municipal, o PL que autoriza o município a firmar convênio com o Estado de Minas Gerais para aquisição de equipamentos médicos hospitalares e, a proposição que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para 2013, a qual recebeu um Parecer da Comissão de Constituição Legislação e Justiça da Casa, alterando o parágrafo que trata do piso salarial dos professores em relação às 30 horas de trabalho em 2013.

Os remanejamentos, que são intitulados de “Crédito Adicional Especial”, são relativos à transferência de dotação na Lei Orçamentária Anual (LOA) e serão para equipar as unidades do Centro Cirúrgico e UTI, manutenção, reformas e ampliações de prédios públicos, para o Fundo Municipal de Saúde – FMS (Centro de zoonoses- despesas) e aquisição de veículo para a Secretaria Municipal de Saúde.

O convênio firmado com a Secretaria de Estado da Saúde refere-se à destinação de equipamentos necessários a montagem das unidades do Centro Cirúrgico e da Unidade de Tratamento Intensivo – UTI da Casa de Caridade Hospital São Paulo. A Secretaria Estadual deverá disponibilizar o material adequado ao funcionamento do tratamento intensivo.

O último projeto de lei que recebeu apreciação dos vereadores foi o que trouxe o Parecer que estabelece critérios para a Lei de Diretrizes Orçamentárias 2013 – LOA. Trata-se da contextualização do parágrafo 1º que determina que a remuneração dos professores seja equiparada ao número de horas trabalhadas, uma vez que a jornada de 24 horas semanais foi ampliada para 30 horas. Desta forma, os vereadores pedem equivalência salarial para a categoria que tem seus direitos amparados na Lei 11. 738/2008. O Projeto foi aprovado apenas numa primeira discussão. Poderá haver mais duas para confirmar a votação dos parlamentares.

Fonte: Câmara Municipal

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.