Resumo da novela O Que A Vida Me Roubou – 17/07 a 21/07



Confira o resumo dos próximos capítulos da novela O Que A Vida Me Roubou (de 17 de julho a 21 de julho), exibida pelo SBT, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Segunda-Feira, 17/07/2017 – Capítulo 121

Alessandro vai até a casa de Pedro Medina para que saiba que está vivo.

Pedro diz que transformará sua vida em um inferno, a ponto de desejar não ter voltado do coma. Alessandro enfrenta o inimigo, diz que além de estar vivo conseguirá provar sua inocência e estará presente no casamento de Nádia e Vítor para brindar pela felicidade do casal.

Enfurecido, Pedro aponta uma arma para a cabeça de Alessandro. Depois de descobrir a infidelidade de Renato, Esmeralda o expulsa do hospital e diz que ele não merece conhecer seu filho.

Renato tenta se explicar, mas Esmeralda está irredutível. Montserrat comenta com Esmeralda que Alessandro está em Água Azul.

Alessandro ajuda o filho na lição de casa e fica feliz ao perceber como Laurinho é inteligente. Maria tem em mãos o testamento e o seguro de vida de Benjamim.

Ela pensa no que pedirá a Alessandro em troca do documento. Pedro leva Nádia para visitar Montserrat e aproveita para planejar com José Luiz sobre a maneira como vão se desfazer de Alessandro.

José Luiz se nega. Montserrat diz a Nádia que José Luiz se nega a lhe dar o divórcio, mas continuará lutando para ver novamente sua família unida.

Terça-Feira, 18/07/2017 – Capítulo 122

Nádia e Montserrat conversam enquanto Pedro e José Luís estão no escritório.

Montserrat diz à amiga que Alessandro já aceitou a gravidez. Maria propõe a Graziela separar Alessandro e Montserrat, mas ela não aceita.

Graziela consegue roubar-lhe as chaves do apartamento. Demetrio diz a Josefina que vai casar com Mónica, mas ela não fica satisfeita com a notícia.

Alessandro confronta Maria. Ele pede-lhe o testamento, mas Maria recusa.

Alessandro telefona à polícia para procurarem o documento no seu apartamento.

Quarta-Feira, 19/07/2017 – Capítulo 123

Pedro descobre que Maria ainda está viva e fica furioso com Ezequiel.

Adolfo está no armazém a descarregar a droga quando os oficiais da marinha chegam e começam a disparar. Os homens de Adolfo conseguem ajudá-lo a escapar.

Mónica acaba por o apanhar e descobre que Adolfo é Alacran. Quando a vê, Adolfo dispara.

Graziela tem o testamento de Benjamim, mas pede ajuda a Macário para decidir o que fazer com ele, pois também não quer magoar Fabíola. Maria é interrogada pelo juiz sobre a morte de Almonte.

Ela é acusada de ser cúmplice na morte do seu tio. Maria nega e diz que foi agredida quase até à morte por Pedro por causa de uma nota que Benjamim deixou antes de morrer.

Apesar de Pedro ter destruído a nota original, ela tirou uma cópia.

Quinta-Feira, 20/07/2017 – Capítulo 124

Graziela tenta consolar o filho por causa da morte de Mónica, mas ele apoia-se em Rosário.

Montserrat pede a Graziela que vá embora. José Luís fica furioso quando vê Montserrat a agarrar-se a Alessandro.

Amélia vai a casa de Pedro e pede que a deixe levar Nádia para visitar Josefina. Adolfo e Josefina vão juntos ter com Demetrio.

Graziela recorda-se da forma como Benjamim a tratou no passado e fica inconsolável. Macário diz a Alessandro que devia ir ver Graziela, porque ela pode ter o testamento do seu pai, caso ela decida dá-lo a Fabiola.

Sexta-Feira, 21/07/2017 – Capítulo 125

Josefina chega a casa e encontra Nádia, Victor e Victoria com Amélia.

Ela alerta que para a próxima tem de a avisar quando vai ser o seu álibi, porque encontrou Pedro e ele ficou surpreso de a ver. Pedro vai a casa de Josefina e vê Victor e agredi-o.

Pedro exige que Nádia vá ter com ele, mas Victor recusa-se a deixá-la ir. Montserrat procura o irmão e tenta apoiá-lo neste momento tão difícil.

Montserrat volta a pedir a José Luís que a deixe ir e ele fica furioso quando ela o compara a Pedro Medina. Adolfo discute com Ezequiel.

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.