Menores colocam fogo em residência no Napoleão



Menores colocam fogo em residência no Napoleão

Dois menores colocaram fogo em uma residência abandonada na Rua Virginia Napoleão, no bairro Napoleão. O incêndio, que não deixou feridos, começou no final da tarde desta quarta-feira (15) e foi rapidamente controlado pelo Corpo de Bombeiros.

Na casa, de 3 cômodos, haviam apenas alguns móveis que acabaram queimados. O foco principal do incêndio foi no quarto da residência. Na sala, que tinha um colchão estendido no chão, havia muito lixo acumulado e alguns preservativos usados jogadas pelo local.

Segundo populares, os menores, que teriam idade de 14 e 16 anos, teriam sido expulsos de casa por seus pais, sendo que um deles seria morador do Santana, e desde então estariam morando juntos na casa. Ainda de acordo com os populares, os menores já estão há bastante tempo causando transtornos pelo bairro, inclusive a Polícia Militar já esteve na casa poucas semanas atrás para retirar os invasores, que na ocasião não se encontravam por lá.

A Defesa Civil será acionada para avaliar a situação do imóvel. O proprietária do imóvel não foi localizado.

Veja mais fotos:

Fonte e fotos: Guia Muriaé
Expressamente proibida a cópia e/ou reprodução sem prévia autorização.

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.