Minas Gerais tem o índice mais alto de assassinatos no Sudeste



Minas Gerais tem o índice mais alto de assassinatos no Sudeste

Segundo dados da pesquisa Mapa da Violência 2012 – Crianças e Adolescentes do Brasil, feito pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), que tem com base em balanços do Ministério da Saúde, o Estado de Minas Gerais é o estado do Sudeste que registrou o maior crescimento em dez anos no número de assassinatos envolvendo crianças e jovens com até 19 anos. No ano de 2000, foram 361 vítimas da violência no Estado, já no ano de 2010 este número saltou para 657, um aumento de 82%. Se for considerada a taxa de mortes para cada mil habitantes, o salto é ainda maior: passou de 5,2 em 2000 para 10,7 em 2010, uma elevação de 106,7%.

Comparando com os demais Estados da região Sudeste, só o Espírito Santo também apresentou crescimento no índice de homicídios (49,8%), enquanto São Paulo e Rio tiveram quedas significativas no período (78,2% e 37,1%, respectivamente).

“Minas vive hoje um salto de violência que outros Estados já viveram na década de 80 e
conseguiram minimizar”, comentou o pesquisador do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (CRISP), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Luis Felipe Zilli. O crescimento da taxa de homicídios do Estado supera, inclusive, a elevação nacional, que foi de 15,8% de 2000 para 2010.

Veja a pesquisa completa no link abaixo:

http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2012/MapaViolencia2012_Criancas_e_Adolescentes.pdf

O estudo analisa os últimos 30 anos de violência homicida no país e verifica profunda mudança nos padrões históricos.

Aponta as principais características da evolução dos homicídios em todo o país: nas 27 Unidades Federadas, 27 Capitais, 33 Regiões Metropolitanas e nos 200 municípios com elevados níveis de violência.

Em planilhas anexas nesta página, constam os dados da violência dos 5565 municípios brasileiros.

Via O Tempo.



Envie um comentário

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.






Powered by WordPress