Plantão policial de 04/09/2012



Plantão policial de 04/09/2012

Confira as principais ocorrências policiais registradas ontem (4) pela Polícia Militar em Muriaé.

Mulher recebe multas de veículo que vendeu há mais de quatro anos

A solicitante compareceu na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) e relatou que há mais de quatro anos vendeu um veículo para uma concessionária da cidade, na ocasião o veículo estava alienado/financiado e o proprietário da agência lhe propôs quitar as prestações do veículo. No mês de Fevereiro de 2012 ela recebeu duas multas de trânsito, aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal do Rio de Janeiro. Ao verificar os boletos constatou que o veículo ainda estava alienado/financiado em seu nome. Há três meses a vítima vem recebendo cobranças do banco, referente ao veículo. A vítima foi orientada quanto às demais providências.

Homem é agredido por ex-namorada no Aeroporto

A vítima, morador da Rua Mario Serenario, no Aeroporto, e uma testemunha compareceram a UAI relatando que estavam em sua residência quando sua ex-namorada chegou pelo local bastante exaltada, vindo agredir a vítima fisicamente com socos, tapas e chutes. O motivo seria o fim do relacionamento dos dois. Logo em seguida, a autora evadiu do local. A vítima foi orientada a comparecer a Delegacia para maiores esclarecimentos.

Idosa pega ônibus e caí com arrancada do motorista

Uma senhora relatou a PM que na segunda-feira (3) pegou o ônibus coletivo da linha Bela Vista e ao subir o segundo degrau o motorista veio a arrancar com o ônibus bruscamente, momento em que a vítima veio a cair sobre o ferro e assento do banco. A vítima reclamou com o motorista para que o mesmo andasse mais devagar, pois estava passando mal. O motorista gritou dizendo que a mesma andasse de ambulância ou carro particular. A vítima foi orientada quanto às demais providências.

Homem é ameaçado e tem carro riscado no Dornelas

O proprietário de um estabelecimento comercial localizado na Rua Doutor Wilson Alvim Amaral, no Dornelas, relatou aos policiais que estava saindo de seu comércio, momento em que adentrou em seu veículo para pegar um carregador de celular, no instante em que estava no interior do veículo percebeu a aproximação de um senhor conhecido, que é vizinho da vítima no Bairro São Francisco, e que vem tendo problemas com ele. O autor estava com um canivete e arranhou o veículo. De imediato a vítima saiu do carro e gritou para que ele parasse, momento em que o autor se assustou e saiu correndo até seu veículo que estava estacionado na mesma rua e ainda disse que “da próxima vez acabaria com a raça dele”. Ato contínuo o autor evadiu. Policiais fizeram rastreamento, porém sem êxito.

Homem agride esposa com barra de ferro na Barra

Policiais foram acionados compareceram na Avenida Maestro Sansão, no Centro, onde havia um cidadão espancando sua esposa com uma barra de ferro de aproximadamente 1 metro. A mulher foi encontrada caída no chão com marcas de espancamento. O autor foi dominado, desarmado e preso. A vítima relatou que seu marido queria dinheiro para comprar crack e após negativa da mesma passou a agredí-la. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital São Paulo, onde foi assistida pelo médico de plantão que a deixou internada para realização de raio-x, com suspeita de fratura no braço e cabeça.

Arma de fogo é apreendida no São Francisco

Durante patrulhamento pelo Bairro São Francisco, policiais ao passarem pela Rua Francisco Gomes Campos foram abordados pela vítima que relatou chegou na garagem do prédio onde reside, ocasião que se deparou com o autor, também morador do mesmo prédio, o qual sacou uma arma de fogo que estava em sua cintura e disse que “hoje iriam resolver o problema deles”. Em seguida a vítima saiu correndo do local em direção a via pública. Os policiais se deslocaram até o apartamento do autor na Avenida Coronel Francisco Gomes Campos, onde fizeram contato com o mesmo e esporão o teor da denúncia, tendo este negado os fatos, porém afirmado que possuía uma arma de fogo, tendo franqueado aos policiais a entrada em sua residência, levando-os até o quarto onde a arma estava, onde apanhou na gaveta um revólver calibre 32, marca Taurus, oxidado, com número de série intacto, desmuniciado. O autor foi indagado sobre a documentação de registro da referida arma, porém não a apresentou vindo a ser preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia para as demais providências.

Fonte: Guia Muriaé, com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Militar

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.