Plantão policial de 18/09/2012



Plantão policial

Confira as principais ocorrências policiais registradas ontem (18) pela Polícia Militar em Muriaé.

Homem tenta vender capacete de procedência duvidosa no São Cristovão

Policiais compareceram a Rua Etiópia, no Bairro São Cristovão, onde a testemunha relatou que estava em sua residência quando foi atender um chamado no portão, onde um indivíduo estava de posse de um capacete de cor preta e lhe ofereceu ele pela quantia de R$ 20,00, valor bem abaixo do preço de mercado. O proprietário da residência deteve o cidadão e acionou a polícia que, em contato com o indivíduo, relatou que havia achado o capacete caído em alguma rua do bairro, porém não soube informar qual rua. O indivíduo, que tem passagem por furto, disse que tinha passado a noite fumando crack. Diante dos fatos, o capacete foi apreendido e encaminhado com o suspeito para a Delegacia para as demais providências.

Polícia apreende medicamentos e tablete de maconha no Planalto

Em cumprimento de mandado de busca e apreensão juntamente com a Vigilância Sanitária Municipal, policiais compareceram a Rua Professora Maria Celeste do Prado, no Planalto, onde conseguiram localizar na residência do suspeito medicamentos diversos, os quais o mesmo informou que revendia ao comércio local, o autor não apresentou e afirmou não possuir nota fiscal dos medicamentos, que estavam dentro da data de validade. Em continuidade as buscas na residência, foi localizado no quarto do filho do suspeito um tablete de maconha, que o mesmo assumiu ser dele, que seria dependente da referida droga. Os autores foram conduzidos para a Delegacia de Polícia para as demais providências.

Homem pega moto emprestada no Colety e desaparece

A vítima relatou a PM que no dia 10 de setembro emprestou sua motocicleta Honda CG 150, cor preta, placa HDC-7101, para um indivíduo que alegou que a entregaria no dia seguinte na parte da tarde, todavia até o momento o notificante não recebeu a motocicleta, tampouco soube informar a localização do indivíduo. A vítima relatou ainda que conhecia o autor há três anos e já havia emprestado sua moto em outras ocasiões para ele que sempre entregou ela no prazo. O notificante foi orientado a comparecer a 4ª DRPC para maiores esclarecimentos.

Curso fecha antes de ser encerrado e mãe de aluna fica no prejuízo

Uma senhora compareceu ao Posto Policial na Praça João Pinheiro, no Centro, e relatou que tinha feito um contrato com um instituto que estava realizando um curso técnico na cidade, para que sua filha cursasse-o, sendo que, após cinco dias de aulas, o referido curso teria sido encerrado, segundo o diretor do instituto, devido ao número reduzido de alunos. Porém, o diretor não se dispôs a fornecer um documento com tal justificativa e em momento algum se pronunciou em relação ao ressarcimento dos valores investidos. A senhora foi orientada a procurar assessoria jurídica para dar prosseguimento ao caso.

Pássaro é furtado em residência no Porto

A vítima relatou que saiu de sua residência, na Rua Coronel Francisco Vermelho, no Porto, por alguns minutos e ao retornar constatou que haviam adentrado na mesma e furtado um pássaro Trinca Ferro, que possuí registro, de sua propriedade. A vítima, que relatou ainda que populares dissessem ter visto o autor, porém espera maiores dados para informar o seu nome, foi orientada quanto às demais providências.

Homem furta celular no Centro, desacata policial e acaba preso

Policiais do grupamento motorizado realizam patrulhamento pela Avenida Doutor Passos, no Centro, quando presenciaram o autor passando correndo com um celular na mão, seguindo sentido Rua Júlio Brandão, onde após perceber que estava sendo seguido pela polícia, dispensou o celular e continuou sentido Avenida Getúlio Vargas, onde foi abordado. No momento da abordagem, o autor desobedeceu a ordem direta de parar e ainda desacatou um dos policiais com palavras de baixo calão, sendo necessário uso de força física moderada para conter o agressor que resistiu a prisão. O autor foi preso em flagrante delito por furto tentado. Em busca pessoal, foi localizado com o autor um outro celular de cor prata, da marca Samsung. A vítima relatou que transitava pela Avenida Doutor Passos quando o autor aproximou-se e puxou o celular do bolso de trás de sua bermuda e saiu correndo.

PM apreende armas de fogo no Divisório

Durante patrulhamento, policiais abordaram um indivíduo que se encontrava em atitude suspeita e ao ser dado busca pessoal, encontraram uma rede que seria usada para pescar. Em diálogo com o autor, o mesmo confessou possuir uma espingarda sem marca e sem registro em sua residência. Diante dos fatos, policiais se deslocaram ao local, e recolheram a referida arma. Ainda no local, o cidadão relatou que seu primo adolescente possuiria uma espingarda também, que inclusive já teria efetuado um disparo com a referida arma. Os policiais então se deslocaram até o local onde, em contato com o pai do menor, o mesmo permitiu a entrada na residência, sendo localizada a referida arma de fogo. Diante dos fatos, os policiais conduziram o homem e o menor até a Delegacia para às demais providências.

Fonte: Guia Muriaé, com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Militar

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.