Polícia Civil prende 21 pessoas em operação que investiga a venda de vagas em cursos de medicina



Pelos menos 21 pessoas foram presas pela Polícia Civil de Minas Gerais, que realiza nesta manhã a Operação Hemostase, destinada a desarticular uma quadrilha que movimentava milhões de reais com a comercialização de vagas em cursos de medicina de faculdades particulares em Minas e Rio de Janeiro. Uma pessoa foi detida em Manhuaçu e duas em Caratinga.

A partir de investigações iniciadas há oito meses pela Delegacia Regional de Caratinga, a polícia conseguiu na Justiça a expedição de 21 mandados prisão e outros 32 de busca e apreensão. Para cumprir a determinação judicial, 180 policiais civis mineiros estão espalhados por 17 cidades mineiras e fluminenses, incluindo as duas capitais. Um helicóptero e 38 viaturas compõem o aparato policial.

A operação foi denominada “Hemostase” em referência ao conjunto de procedimentos cirúrgicos para estancar uma hemorragia. Segundo o superintendente de Investigações e Polícia Judiciária da PCMG, Jeferson Botelho, os presos na operação poderão responder por crimes como Associação Criminosa, Fraude de Certames de Interesse Público, Estelionato, Falsificação de Documentos Públicos e de Documentos Particulares, Falsidade Ideológica, Falsa Identidade e Lavagem de Dinheiro.

Fonte: PCMG / Foto: Ilustrativa

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.