Polícia Militar apresenta balanço do feriado de Natal em Minas Gerais



Durante o feriado de Natal – período compreendido entre 8h da última sexta-feira (20) até as 6h desta quinta-feira (26) – a Polícia Militar deflagrou 3.726 operaçãoes e realizou atividades e açoes nas rodovias estaduais e federais delegadas no Estado.

Foram registrados no período 583 acidentes com 32 mortes e 455 feridos, contra 446 acidentes no período de natal do ano passado, que deixaram 37 vítimas fatais e 428 feridos. Lembrando que em 2013, o referido feriado teve um dia a mais que em 2012.

Os policiais militares fizeram em vários pontos do Estado 455 testes de etilômetro (bafômetro) e prenderam 52 pessoas por embriaguez ao volante.

No período, foram fiscalizados 40.296 veículos, apreendidos 71, retidos 2.764, removidos 407, e recuperados 10. Além disso, a Polícia Militar Rodoviária recolheu 155 CNHs/PPD e 245 CRLV(Certificado de Registro de Licença de Veículo). Foram autuados 382 motoristas inabilitados.

De acordo com a Diretoria de Meio Ambiente e Trânsito – DMAT da Polícia Militar de Minas Gerais, as causas presumíveis dos acidentes foram falta de atenção ao volante, aquaplanagem, derrapagem, não manter distância de segurança, velocidade incompatível e embriaguez.

Lembrando que neste ano de 2013, o referido período de feriado teve um dia a mais que em 2012.

Fonte: PMMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.