Entre o Conservadorismo e o Continuísmo: A trajetória política de Muriaé



Um olhar, até mesmo superficial, sobre a trajetória política de Muriaé, desvela os dois lados de uma mesma tônica, o conservadorismo e o continuísmo.

É pertinente neste momento crucial para nossa sociedade e instituições, saber por qual paradigma, ou visão, será pautada a proeminência política. Já que é difícil, ou quase impossível, observar um cenário de ruptura com a ordem e com as instituições.

A cidade de Muriaé, nas duas últimas décadas vivenciou um crescimento descomunal, sem estar preparada estruturalmente para isto. Observou-se um processo de favelização e de exclusão social se precedentes, a ponto de dizer que grande parte da população foi simplesmente, esquecida.

Na atual conjuntura, um termo pode ser empregado para definir Muriaé, Belmália. Rica como a Bélgica, e pobre como a Somália. Não querendo ser necessariamente um neo filólogo.

É na emergência deste termo definidor, que os aspirantes ao cargo máximo do município precisam se deleitar. Transformar e preparar para se tornar uma Bélgica, ou esquecer e excluir para aumentar a nossa Somália ulterior.

A certeza é de que se a trajetória for a mesma, já sabemos qual o resultado a priori.

Fonte: Política Atual

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.