Acidente com ônibus que saiu de Itaperuna deixa 11 mortos e seis feridos



Segundo a assessoria da BR-040, não há indícios de outro veículo envolvido no acidente

Um ônibus que saiu de Itaperuna, e tinha como destino o Rio de Janeiro, tombou na rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), na altura do km 100, em Guapimirim, na tarde desta segunda-feira (22). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos 11 pessoas morreram, entre elas o motorista, e cerca de seis pessoas ficaram feridas. O ônibus tombado é da empresa Auto Viação 1001.

Segundo a assessoria de imprensa da companhia, o ônibus teria saído da cidade de Itaperuna, no Noroeste Fluminense do Rio, às 9h da manhã desta segunda-feira (22) com 29 pessoas. A assessoria disse ainda que na hora do acidente o número de passageiros seria maior, já que o ônibus parou em outras cidades, como Miracema, Santo Antonio de Pádua, Pirapetinga e Além Paraíba. O destino do veículo era o Rio de Janeiro, com chegada prevista para 16h.

Os seis feridos socorridos foram levados para o Hospital das Clínicas de Teresópolis (3 vítimas), o Hospital de Saracuruna (1 vítima) e o Hospital Municipal Miguel Couto (2 vítimas), no Rio de Janeiro.

Segundo a Concessionária Rio-Teresópolis, a via chegou a ficar interditada por 35 minutos, foi liberada, mas até 17h havia um congestionamento de 4 km nos dois sentidos.

Fonte: G1

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.