Defesa Civil registra os primeiros deslizamentos de terra desta temporada de chuva em Cataguases



O temporal que caiu na noite desta quinta-feira (5), em Cataguases, trouxe os primeiros problemas desta temporada de chuva que só termina em março de 2014. As informações são da Defesa Civil que monitora diversos pontos da cidade nesta época do ano e revelou que foram registrados alagamentos na Avenida Astolfo Dutra, rua em frente à Praça Chácara Dona Catarina e na via principal do bairro Sebastião Adolfo. A equipe daquele órgão esteve em todos os lugares em que ocorreram alagamentos e deslizamentos de terra, segundo informou o agente da Defesa Civil, Alexandre Rodrigues, mais conhecido como Tico.

De acordo ainda com a Defesa Civil, a quinta-feira registrou 51 milímetros de chuva em Cataguases. O rio Pomba, nesta manhã de sexta-feira, estava com seu nível a 1,99 metro acima do nível, mas registrava um esvaziamento da ordem de 5 centímetros por hora no meio da manhã. O ribeirão Meia Pataca também está com seu leito acima do normal, mas de acordo com a Defesa Civil, também está abaixando gradualmente. A previsão do tempo para as próximas 24 horas, conforme imagedivulgou o Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (SIMGE) “O céu ficará nublado com pancadas de chuva, que podem vir acompanhadas de descargas atmosféricas e rajadas de vento ocasionais em áreas do Triângulo, Oeste, Central, Campo das Vertentes, Sul e na Zona da Mata (…) As temperaturas estarão elevadas no estado.” A tendência de chuva deve permanecer durante todo o fim de semana, ainda segundo aquele órgão do governo de Minas.

O agente da Defesa Civil em Cataguases informou também os locais onde foram registradas as ocorrências provocadas pela chuva. Segundo Alexandre Rodrigues, além da avenida Astolfo Dutra, que ficou alagada durante o temporal, houve deslizamentos no bairro Pouso Alegre, dois no Sol Nascente e também no São Vicente e Paraíso. No bairro Sebastião Adolfo, a enxurrada que desce das encostas provocou alagamento da rua e um lamaçal se formou em toda a pista o que praticamente inviabilizou o tráfego de veículos. Nesta manhã, uma equipe de detentos do presídio, fazia a limpeza do local. No Pouso Alegre, quase em frente à Escola Municipal Turminha da Mônica, parte de um barranco desceu interditando metade da pista. No início desta manhã, porém, equipes da prefeitura haviam retirado a terra e liberado a rua. As fotos abaixo mostram a avenida Astolfo Dutra alagada durante o temporal.

Fonte: Marcelo Lopes / Foto: Luiz Fernando Bittencourt/Divulgação

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.