Dois são presos suspeitos de sequesto e cárcere privado em Miradouro



Dois homens foram presos, na manhã dessa quinta-feira (5), suspeitos de sequesto e cárcere privado em Miradouro.

A prisão aconteceu durante rastreamento de Vinicius Santos de Almeida Fernandes, 17 anos, desaparecido desde a tarde de quarta-feira (4). Segundo denúncia anônima, ele estava na cachoeira do Pai Inácio e três indivíduos, um deles armado com pistola, colocaram-o no interior de um Volkswagen Golf, de cor verde.

De acordo com a denúncia, os autores teriam batido muito no adolescente e pretendiam matá-lo. Dois dos envolvidos foram identificados, bem como o proprietário do veículo, que não estava no meio dos três que participaram do sequestro. A motivação para o crime seria o furto de uma motocicleta, a qual os autores suspeitavam de Vinicius.

O carro onde o adolescente teria sido colocado foi localizado na residência de M.J.P.M.A., 26 anos. Em relato a polícia, ele afirmou que não emprestou seu veículo a ninguém e negou ter envolvimento no sumiço de Vinicius. No local, em uma casa separada, reside J.J.S.V., 19 anos, sobrinho do proprietário do automóvel, sendo este um dos autores apontados na denúncia.

A Perícia Técnica foi acionada e realizou os trabalhos de praxe, verificando marcas de sangue em alguns pontos do veículo. O automóvel foi liberado e removido ao pátio credenciado.

Os autores receberam voz de prisão e foram conduzidos a Delegacia e Polícia de Miradouro. Os demais suspeitos de participação no crime ainda não foram localizado, bem como Vinicius que segue desaparecido.

Fonte: Guia Muriaé, com foto do Portal Miradouro



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.