Encontrada a oitava vítima e caixa preta do avião que caiu em Juiz de Fora



Encontrada a oitava vítima e caixa preta do avião que caiu em Juiz de Fora

A Polícia Militar confirmou que foi encontrado o corpo da oitava vítima do acidente com o avião da empresa Vilma Alimentos, que caiu próximo ao Aeroporto da Serrinha na manhã deste sábado (28).

O delegado da Polícia Federal, Cláudio Dornellas, informou que a caixa preta do bimotor King Air B 200 prefixo PRDOC, da empresa Vilma Alimentos, que caiu próximo ao Aeroporto da Serrinha em Juiz de Fora na manhã deste sábado (28) matando oito pessoas já foi encontrada.

Dornellas informou ainda que os trabalhos das perícias das polícias Civil e Federal já foram concluídos, e os corpos foram liberados e já estão sendo levados ao Instituto Médico Legal (IML) para identificação.

De acordo com o delegado, o cenário encontrado no local é de guerra. Devido ao calor, os corpos tiveram que ser liberados antes da chegada da equipe de investigação da Aeronáutica, prevista para as 14h. No entanto, a localização dos corpos foi registrada por GPS, para que o cenário possa ser reconstituído. Dois representantes da empresa Vilma Alimentos já chegaram ao local e estão acompanhando os trabalhos.

Fonte e foto: Tribuna de Minas

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.