Homem dá três tiros à esmo em plena rua em Leopoldina e diz à Polícia que fazia treinamento



Os policiais também encontraram com ele farta munição de vários calibres

A Polícia Militar de Leopoldina foi acionada na manhã de segunda-feira (3) por meio de denúncia anônima dando conta de que um homem teria efetuado três disparos de arma de fogo em plena rua. Os policiais se deslocaram até o Bairro Thomé Nogueira e lá encontraram um homem vestindo camisa e bermuda verdes, ouvindo música em alto volume, que foi identificado como sendo J.S., de 61 anos de idade. A arma, porém, não estava em seu poder.

Os policiais o interrogaram e depois de algum tempo, ele confessou ter efetuado os disparos “apenas como treinamento” e que possui um revólver calibre 32, marca Smith & Wesson, com capacidade para seis tiros. J.S. permitiu que os policiais entrassem em sua residência e lá entregou a arma. No quarto dele, a Polícia encontrou ainda vinte munições calibre 38, trinta e sete munições calibre 22 e vinte e duas munições calibre 32, além de três cartuchos de mesmo calibre deflagrados, além de um coldre de nylon. J.S. disse ainda que fez os disparos dentro de sua residência e que não tem registro do revólver, mas que o adquiriu para se proteger. Em seguida ele foi levado preso até à Delegacia de Polícia onde prestou depoimento e foi aberto inquérito por porte ilegal de arma de fogo.

Fonte: Marcelo Lopes

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.