Homem é preso após esfaquear pai e irmã em Viçosa



Um homem de 33 anos foi preso, na tarde dessa segunda-feira (19), pelo crime de lesão corporal em Viçosa.

Por volta das 17h30, a Polícia Militar foi acionada e compareceu ao Hospital São João Batista, onde deram entrada duas vítimas de esfaqueamento.

No local, uma mulher, de 30 anos, disse que estava na sua casa, no bairro Bom Jesus, quando recebeu uma ligação de sua genitora, relatando que seu irmão estava no sítio dela, no lugarejo Palmital, trazendo transtornos e dizendo que iria matar todos que lá estavam. Aparentemente ele estaria sob efeito de alguma substância entorpecente.

De imediato, ela deslocou até o sítio e deparou com seu irmão tentando sufocar seu pai, de 59 anos. Ela entrou em luta corporal com seu irmão, que veio a soltar seu pai. Pouco depois, ele se apoderou de uma faca de cozinha e novamente foi para cima de seu pai, vindo a desferir vários golpes nele, que usou uma chave de fenda na tentativa de se defender. Em seguida, o autor partiu para cima de sua irmã e também veio a golpeá-la com a faca, só parando porque outras pessoas intervieram na contenda.

Uma guarnição da PM procedeu ao local dos fatos e localizou o autor. Ele entregou a faca utilizada no crime, além da chave de fenda usada pelo seu pai. Ele relatou que chegou de São Paulo no domingo (18) e ontem fez uso de bebida alcoólica. Ao chegar na residência de seus genitores, eles o advertiram devido ter feito uso de bebida alcoólica e o agrediram com a chave de fenda.

Pelo hospital, o médico de plantão constatou que a mulher foi esfaqueada quatro vezes, que atingiram os braços e costas, com suspeita de que perfuração do pulmão. Já o seu pai também levou quatro facadas, sendo atingido nas costas, perna e região lombar. As vítimas foram submetidas a cirurgia devido a gravidade das lesões.

O autor foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia para demais providências.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.