Minas já tem quase 10 mil pessoas fora de casa por causa dos temporais



A forte chuva no estado de Minas Gerais já deixou quase 10 mil pessoas fora de suas casas. De acordo com a Defesa Civil, 6.959 pessoas estão desalojadas e 2.460, desabrigadas no estado. Dados atualizados na tarde de hoje (26) indicam que 229 obras de infraestrutura estão danificadas e 112, destruídas.

Além disso, 34 cidades já decretaram situação de emergência em razão dos temporais que atingem o estado. Mais de 7 mil casas foram danificadas e 116, destruídas. Os últimos municípios a decretar situação de emergência foram Araçuaí, Caraí, Conselheiro Pena, Francisco Sá, Ladainha, Malacacheta, Marilac e Mercês.

Segundo o boletim da Defesa Civil, há 60 pessoas feridas e o número de mortos chega a 18. A última morte ocorreu na madrugada desta quinta-feira em Juiz de Fora, onde foi encontrado o corpo de uma mulher. Ela estava dentro de uma casa que desabou.

De acordo com a Defesa Civil, pancadas de chuva poderão vir acompanhadas de descargas atmosféricas e rajadas de vento na parte norte do estado, no Vale do Jequitinhonha, em Mucuri, Rio Doce, na região metropolitana e Zona da Mata. Nas demais regiões mineiras, o dia terá sol entre nuvens e pancadas de chuva isolada. As temperaturas terão ligeira elevação em todo o estado durante o dia.

Fonte: Agência Brasil

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.