Torres de monitoramento do Rio Muriaé começaram a ser instaladas



Torres de monitoramento do Rio Muriaé

Torres de monitoramento do nível do Rio Muriaé, entre os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, começaram a ser instaladas na sexta-feira (14). O município de Cardoso Moreira, no Noroeste Fluminense, foi a primeira cidade a receber os equipamentos. Outros quatro aparelhos serão instalados em Itaperuna, Porciúncula, no Estado do Rio de Janeiro, e nas cidades mineiras de Patrocínio do Muriaé e Carangola.

As torres irão funcionar como termômetros das chuvas. Elas vão calcular o nível de água e também a quantidade de chuva que ocorre no local. A população vai poder ter acesso às informações por um site na internet. A ideia é tentar diminuir os impactos causados em épocas de enchentes.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.