Combate à dengue é reforçado em Muriaé após epidemia e três mortes



Agentes de endemias de Muriaé estão desenvolvendo uma nova ação de combate à dengue na cidade, dessa vez com foco nas empresas que trabalham com sucatas, carcaças, pneus, e outros possíveis focos à céu aberto. A cidade viveu uma epidemia no começo de 2013, quando registrou mais de dois mil casos e três mortes. O objetivo é evitar que a situação se repita.

Uma das borracharia do município onde cerca de 100 pneus são recapeados e pelo menos 20 descartados recebeu as orientações de prevenção. “O que repassaram pra gente é que eles vão fazer o tratamento desses pneus e também a coleta semanal para evitar o mosquito da dengue. Também vão realizar a prevenção de forma voltada para quem trabalha na empresa e para as pessoas que vivem ao redor”, relatou o proprietário da borracharia, Rafael de Oliveira.

Em três semanas, os agentes já identificaram vários focos nos locais visitados. O caminhão do Departamento de Saneamento Urbano (Densur) realizou a coleta das sucatas para reforçar o combate. Todo o material recolhido é levado para um depósito. Com três semanas de trabalho, já foram recolhidos mais de 800 pneus com destino certo. “Em uma vez na semana vem a carreta de Belo Horizonte, de uma empresa com quem a gente fez parceria e aí essa carreta recolhe e leva todos esses pneus para a reciclagem”, explicou o coordenador de endemia, Felipe de Souza.

Fonte: G1

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.