Família para velório ao desconfiar que morto poderia estar vivo



Um fato inusitado aconteceu durante um velório, na manhã desta quarta-feira (9), na cidade de Santa Helena, no Paraná.

Familiares e amigos velavam o corpo de Neimar Bonetti, de 44 anos, que passou mal e teve a morte constatada na terça-feira (8) em um hospital paranaense. Durante o velório, os presentes estranharam o fato do corpo ainda apresentar batimentos cardíacos (ele estava com um oxímetro acoplado no dedo) e eles achavam que Neimar ainda estivesse vivo.

O morto voltou a ser levado ao hospital, onde a morte foi novamente confirmada. Um médico disse que coração podia continuar emitindo ondas elétricas, embora casos assim sejam raros. “Constatamos que não tinha pulso e não havia reação da pupila, além da rigidez cadavérica. Portanto, ele estava morto”, disse o clínico Fernando Santin, em entrevista ao G1. Ele registrou 74 batimentos cardíacos por minuto, semelhante ao de uma pessoa viva e com as mesmas características.

O corpo foi enterrado na tarde de hoje.

Assista ao vídeo:

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.