Salário mínimo previsto para entrar em vigor a partir de 1º de janeiro de 2013 é de R$ 674,96



Salário mínimo

O relator-geral da proposta de Lei Orçamentária, senador Romero Jucá (PMDB-RR), apresentou hoje (17) seu parecer com previsão de salário mínimo de R$ 674,96. O documento, segundo ele, recompõe investimentos em setores considerados estratégico pelo Executivo – como saúde e educação – que haviam sido retirados da proposta nos relatores setoriais. Jucá também informou que limitou em 5% o reajuste dos servidores do Poder Judiciário para 2013.

“Fizemos uma ampliação nos investimentos porque as emendas de bancada e individuais, mais a reconstituição de cortes que os relatores setoriais haviam feito e eu recuperei, melhoraram a situação de investimentos em áreas estratégicas como saúde, educação, infraestrutura, o enfrentamento da seca no Nordeste e a distribuição de água”, explicou Jucá.

Segundo ele, foram ampliados os investimentos nos programas de aquisição de alimentos da agricultura familiar e do Minha Casa, Minha Vida. “Todos esses pontos tinham sido cortados nos relatórios setoriais e restituí os valores originários, porque são programas importantes que precisam ser mantidos”, frisou o relator.

Sobre o aumento do Judiciário, Romero Jucá disse que não há “espaço fiscal” para conceder reajuste acima de 5%, mesmo percentual dado aos servidores públicos federais. “Analisamos a proposta que veio do Judiciário, mas não havia espaço fiscal, recursos, para ampliar as despesas permanentes de custeio. Portanto, mantivemos o reajuste dos servidores públicos do Executivo, Legislativo e do Judiciário em 5%, tratando com igualdade todos os Poderes”, explicou.

O relator lembrou que, com o cálculo da reestimativa de receitas do Projeto de Lei do Orçamento Geral da União, o salario mínimo para 2013 será R$ 674,96 – R$ 4 a mais do que a previsão enviada inicialmente. “Cumprimos a lei do salário mínimo. Com a perspectiva da inflação ser maior, tivemos que suplementar o valor do salário mínimo e ele fica agora em R$ 674,96.”

De acordo com o presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), deputado Paulo Pimenta (PT-RS), a ideia é aprovar a proposta amanhã (18) na comissão e votar o texto no plenário do Congresso na próxima quarta-feira (19).

“Acredito que o cronograma será mantido, os acordo políticos que foram feitos estão encaminhados, e as questões a serem debatidas poderão ser discutidas durante todo o dia de amanhã [na comissão] para, na quarta-feira, ao meio-dia, votarmos no plenário”, disse.

Fonte: Agência Brasil

Últimas notícias em vídeo



Um comentário para “Salário mínimo previsto para entrar em vigor a partir de 1º de janeiro de 2013 é de R$ 674,96”

  1. LUZIMAR RODRIGUES MACHADO says:

    OLHA EU PARTICULARMENTE GOSTEI E ACHEI NECESSARIO O SALARIO MINIMO ALMENTAR NO MÊS DE JANEIRO, AFINAL TODOS ESTAMOS APERTADOS NO INICIO DO ANO, COM COLEGIO, DIVIDAS DAS FESTAS E FERIAS, E É UMA GRANDE BOBAGEM ALMENTAR QUANDO É DIA DO TRABALHADOR, POIS O POVO BRASILEIRO É TRABALHADOR TODOS OS DIAS DO ANO, E PRECISA SEMPRE DESTE SALARIO E É POUCO MAIS QUE VENHA LOGO PARA MELHORAR,MUITAS FAMILIAS COMEM DESTE DINHEIRO.
    AGRADEÇO A DEUS E AOS GOVERNANTES QUE DECIDIRAM ALMENTAR EM JANEIRO O SALARIO MINIMO, E QUE SEJA SEMPRE ASSIM DE HOJE EM DIANTE.
    OBRIGADA, LUZIMAR

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.