Home / História da cidade / História / 6 de Setembro – Dia do Muriaeense

6 de Setembro – Dia do Muriaeense

A comemoração do “Dia do Muriaeense” se repete a cada ano, em cumprimento ao Decreto nº 76 de 4 de Setembro de 1958, do então Prefeito Municipal de Muriaé Dr. Antônio Augusto Soares Canêdo.




Este decreto transformou-se em Lei Municipal nº 368 de 21 de Agosto de 1964.

Foi considerado, tanto no Decreto quanto na Lei, que este dia deveria ser “de festa de congraçamento e amizade” de que todos deveriam participar, “os muriaeenses presentes e ausentes, bem como as pessoas que aqui residem e que tenham pela terra muriaeense amor e carinho e possam, unidos, sob a inspiração da magna data, comemorá-la fraternalmente.

A festa incorporou-se ao Calendário da Cidade.

Como os povos que se prezam e comemoram sempre uma data tradicional, o muriaeense, também, comemora com orgulho este dia e, assim, ano após ano, vai escrevendo sua história.

Entre as comemorações do “Dia do Muriaeense” encontra-se em primeiro lugar: A lembrança do seu fundador, Dr. Antônio Augusto Soares Canêdo, homem que conquistou a admiração de seus amigos e opositores.

“As grandes árvores caem quando perdem raízes”, por isso devemos cuidar de nossas raízes culturais, sociais, morais, religiosas e administrativas para poder nos conservar vivos, como o jequitibá – plantado em terra mineira – criando raízes tão fundas que permitem ao tronco e folhas crescer cada vez mais alto, à cata de sol.

As comemorações do “Dia do Muriaeense” são iniciadas na Praça Santos Dumont, em frente ao monumento do 1º Centenário de Muriaé, com a colocação de uma coroa de flores pelos alunos do Jardim de Infância Dr. Antônio Canêdo, no busto do seu patrono.

À tarde, sessão solene na Câmara Municipal com outorga de título de cidadão muriaeense aos não muriaeenses que aqui vivem e trabalham em prol do engrandecimento de Muriaé.

Autor: Maria Auxiliadora de Faria (Dorinha)

Confira também

Conheça a história do Tiro de Guerra 04-016 de Muriaé

O Tiro de Guerra foi oficializado pelo Decreto de Lei nº 9,500, de junho de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *