Home / Notícias / Cidade / TSE limita em R$ 568 mil gastos de candidatos a prefeito de Muriaé

TSE limita em R$ 568 mil gastos de candidatos a prefeito de Muriaé

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quarta-feira (20) os limites de gastos de campanha para os candidatos as eleições 2016 em todo país.

Em Muriaé, os candidatos à Prefeitura poderão gastar no máximo R$ 568.068,72, enquanto os vereadores poderão desembolsar até R$ 39.855,82 na campanha. Eles irão disputar os votos de 77.046 eleitores aptos à votação.

A cidade com maior teto para a disputa para prefeito é São Paulo, onde os candidatos poderão “esbanjar” até R$ 45,4 milhões e são os maiores entre os 5.570 municípios do país. Em Belo Horizonte, os candidatos terão como teto R$ 26,6 milhões e no Rio de Janeiro R$ 19,8 milhões.




Os valores foram atualizados com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Fonte: Guia Muriaé




Confira também

Consulplan abre vaga de emprego em Muriaé

A Consulplan, maior organizadora privada de concursos públicos e avaliações educacionais do Brasil, instalada em …

Um comentário

  1. Aonde se encaixam as diminuições dos gastos públicos?

    Limite de 568mil, pouco isso ne?

    Infelizmente a cultura de candidaturas não é nada sustentavel, o que eles fazem com esse dinheiro?
    Santinhos para poluição das ruas?
    Compras de votos com esse dinheiro??

    Acho que deveria ter uma prestação de contas aberta ao público, já que pretendem ocupar os cargos devem começar já a praticá-lo de maneira limpa, sem embolsamento desse dinheiro.

    Será mesmo que o país está em crise, ou será que só os pobres é que arcarão com essa crise.

Deixe uma resposta para Lorena Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *