Preso pai acusado estuprar e torturar a filha de 15 anos

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) com o apoio dos investigadores da Delegacia Adjunta de Furtos e Roubos, pertencente à 6ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Manhuaçu prendeu um homem acusado de estupro e tortura física e psicológica da própria filha.

Segundo a Polícia Civil, chegou ao conhecimento da delegada Adline Ribeiro de Mello Rodrigues, através de denúncia da menor da adolescente de 15 anos que o pai dela, I.F.B.M, abusava sexualmente da mesma desde seus 13 anos de idade. A menor relatou que, além dos abusos sexuais, era torturada pelo pai através de violência física, verbal e psicológica.

A equipe da Delegacia da Mulher realizou uma série de investigações, tendo apurado detalhadamente a veracidade dos fatos narrados pela menor.

A situação da adolescente há bastante tempo preocupava os moradores da região em que ela reside. Por várias vezes, os vizinhos escutavam gritos da menor, onde ela implorava para que as agressões cessassem.

Naturalmente, o homem não é identificado por conta da preservação da identidade da menor.

A jovem foi encaminhada para realização de exame corpo de delito. O médico constatou diversos hematomas por todo o corpo. A vítima afirmou que alguns foram oriundos de pontapés dados pelo pai.

Diante da gravidade da denúncia e para resguardar a integridade física da menor, a delegada Dra. Adline representou pela prisão temporária do suspeito.

O Juiz de Direito Marco Antônio Silva, com a concordância do Ministério Público no pedido, determinou a prisão pelo prazo de 30 dias.

As investigações seguem a cargo da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, através da delegada Adline Ribeiro de Mello Rodrigues, que terá o prazo de 10 dias para concluir os trabalhos, podendo representar pela prisão preventiva.

Fonte: Portal Caparaó


Um Comentário

  1. Isso não é um pai é um monstro. Um pai de verdade jamais faria uma barbaridade dessas.
    Esse é um desastre na vida… tem que ser preso e jogar a chave fora…

Deixe uma resposta para Jaqueline Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre