Home / Notícias / Cidade / Servidores do sistema prisional aderem à greve em Muriaé

Servidores do sistema prisional aderem à greve em Muriaé

Nessa segunda-feira (26), servidores técnicos e administrativos do sistema prisional e socioeducativo de Muriaé, entre eles aqueles que atuam na Penitenciária Doutor Manoel Martins Lisboa Júnior e Presídio do Safira, aderiram à greve estadual por tempo indeterminado. Na zona da mata, servidores também entraram em greve nas unidades de Cataguases, Juiz de Fora e São joão Nepomuceno.




A categoria pede o cumprimento de um acordo, que teria sido firmado em 2015, de equiparação do vencimento base dos trabalhadores com o de áreas correlatas da segurança pública de Minas Gerais, como servidores administrativos das policias Militar e Civil. Sem acordo, parte dos servidores prometem continuar com a greve por tempo indeterminado.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos-MG), a paralisação teve adesão de cerca de 90% das unidades prisionais e socioeducativas do Estado. O Sindpúblicos estima adesão total de 70% dos servidores, já que 30% do efetivo devem trabalhar respeitando a lei.

Os agentes penitenciários não participam do movimento.

Fonte: Guia Muriaé, com informações de G1 e O Tempo

Confira também

Conselho de Desenvolvimento Rural estuda novas formas de atender produtores

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, criado em 2006 e reativado nos últimos meses, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *