Tiro de Guerra de Muriaé é avaliado como “Excelente” durante inspeção

O Tiro de Guerra de Muriaé obteve resultado “Excelente” durante inspeção realizada pela Seção dos Tiros de Guerra da 4ª Região Militar, de Belo Horizonte, a qual está subordinado. Órgão parceiro da Prefeitura, o TG atua há 71 anos na cidade formando atiradores para reserva não remunerada do Exército Brasileiro.

A inspeção foi realiza no dia 9 deste mês, pelo capitão André Hideo e pelo subtenente José Aluísio, com o objetivo de avaliar o nível de conhecimento dos atiradores nas instruções e avaliar o TG nas suas funções administrativas.

Com a avaliação “Excelente”, o TG manteve o nível de Eficácia A e recebeu elogios por parte dos militares que fizeram a inspeção. O órgão foi, inclusive, encarregado de ministrar uma palestra para todos os Tiros de Guerra de Minas Gerais referente à Operação de Posto de Bloqueio e Controle de Vias Urbanas, servindo de modelo a ser seguido neste tipo de ação. “Agradecemos o comprometimento e o empenho dos atiradores. Isso foi imprescindível para o sucesso da avaliação”, afirma o instrutor-chefe do TG de Muriaé, subtenente Valle.

“Tiro de Guerra presta relevantes serviços para Muriaé”, afirma prefeito

O Tiro de Guerra 04-016 é um dos mais antigos de Minas Gerais em atividade ininterrupta. Criado em 1946, o TG é uma organização militar de formação do Exército, que tem como missão formar atiradores para a reserva não remunerada da Força Armada e, principalmente, transmitir aos jovens valores como civismo e patriotismo, além de virtudes como lealdade, camaradagem, disciplina, coragem, dedicação e autoconfiança.

O prefeito Grego, que também é diretor do Tiro de Guerra, através de uma parceria firmada entre a Prefeitura e o Exército Brasileiro, parabeniza o órgão pelo resultado da inspeção. “O TG presta relevantes serviços para Muriaé ao proporcionar aos jovens atiradores uma formação cívica e militar, além de participar e apoiar ações e eventos que acontecem na cidade. Parabéns pelo excelente resultado obtido na avaliação”, diz.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo