Virada Cultural promoveu eventos em Muriaé

Eventos com música, dança, teatro, vídeos, oficinas, exposições de artes e fotográficas, lançamentos de livros e muitas outras formas de expressões culturais aconteceram na IV Virada Cultural que iniciou dia 25 e terminou em 27 de novembro.

A abertura foi com a exposição e lançamento do livro ‘Um manto de histórias’ de Fernando Campos Maia, no Grande Hotel Muriahé. No dia seguinte, houve a inauguração do Centro Cultural e Turístico Nelson Fructuoso Braga (Casa do Largo), no distrito de Boa Família, evento que reuniu, em massa, autoridades e moradores da localidade.

Paralelamente foram realizadas as oficinas de pintura de Carlos Antônio Baldanza e Carla Baldanza, a mostra fotográfica dos alunos da Escola de Artes Visuais Carlos Scalla, um passeio até o monumento ‘A Maior Viola Caipira do Mundo’ e a apresentação musical do grupo “Não deixe o samba’.

Na área central de Muriaé, as atividades aconteciam simultaneamente. Houve exposição do acervo permanente da Fundarte, na Galeria de Artes da instituição; apresentação teatral em forma de dança, com o espetáculo ‘Tal Pai, Tal Filho’, da Companhia Diones D’Castro, no Teatro Zaccaria Marques e música ao vivo no Cristo Redentor com shows das bandas ‘Choro Jam Session’, ‘Forró Mais’ e ‘Lance Legal’ que se prolongou até a madrugada de sábado.

No sábado (27), mais exibições com a presença de dezenas de pessoas para admirar as atrações musicais. Bares e lanchonetes do Grande Hotel Muriahe funcionaram para receber as agremiações da Liga das Escolas de Samba (Licamur) e o grupo ‘Não deixe o samba’.

Em outros bairros aconteceram workshops. Oficina de pinturas no Ponto Cultural Jovem do bairro Gaspar, oferecida pelo oficineiro Joelson Silva; mostra de figurinos de carnaval, na Praça Coronel Pacheco de Medeiros (pracinha da prefeitura) e exibição da peça de teatro ‘Que coisa boa tem teatro na lagoa’ com a Companhia de Teatro Avesso – Lagoa da Gávea.

No ambiente da Biblioteca Municipal Vivaldi Wenceslau Moreira outras atividades ocorreram como o lançamento do livro ‘Sábia, a sabiá’, de Ana Maria Carvalho, varal fotográfico – E-click de Anne Kelly, demonstração do grupo de ‘Capoeira Arte que Educa’ com Thayná Cristina, espetáculo Circense com Show com Chorelly e a amostra de figurinos, Figurinarte, da Escola Municipal de Teatro.

Na mesma tarde, foi realizada a exposição dos alunos do curso de Artes Visuais Moacyr Fenelon, no Grande Hotel Muriahe e a exibição do curta-metragem ‘Sapateiro’, idealizado pelos alunos do curso que estão concluindo as etapas de trabalho e finalizando o aprendizado.

As festividades encerraram com mais um espetáculo da Companhia de Dança Diones D’Castro, no Teatro Zaccaria Marques: ‘Tal Pai, Tal Filho’, que obteve recorde de bilheteria.

Fonte: PMM

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo