Home / Notícias / Mundo / Duas crianças brasileiras morrem após rocha se soltar em represa no Chile

Duas crianças brasileiras morrem após rocha se soltar em represa no Chile

As irmãs Isadora Bringel e Khálida Trabulsi Lisboa morrem na tragédia no Chile
Uma tragédia matou duas meninas brasileiras, de 3 e 7 anos, nesta segunda-feira (3), no Chile.

As crianças estavam acompanhadas dos pais fazendo um passeio pela represa de Yeso, que fica a 100 km de Santiago, quando uma rocha se desprendeu em um setor onde o acesso seria restrito a visitantes.

Khálida Trabulsi Lisboa, de 3 anos, morreu na hora e a irmã dela, e Isadora Bringel, de 7, chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Elas erão do Maranhão. Por pouco uma outra criança não foi atingida.




A governadora da Província Cordillera, Mireya Chocair, lamentou o acidente. “Foi um acidente lamentável. Ocorreu um grande desprendimento das rochas, atingido as crianças”, disse.

De acordo com a imprensa do Chile, o local onde ocorreu a tragédia normalmente fica fechado para visitas, mas as barreiras estavam levantadas.

A represa de Yeso é um dos pontos turísticos mais procurados no Chile por aqueles que viajam nesta época do ano para ver a neve.




Recentemente, outros seis brasileiros de uma mesma família morreram em de forma trágica em Santiago. Eles estavam em um apartamento e vieram a óbito intoxicados por monóxido de carbono.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Estado de Minas




Confira também

Idosa de 102 anos é suspeita de matar vizinha de quarto de 92 anos

Uma idosa de 102 anos está sendo investigada pela polícia. Ela é a principal suspeita …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *