Home / Notícias / Mundo / Terramoto atinge a Argentina durante o G20

Terramoto atinge a Argentina durante o G20

A summit G20 esta a ter lugar em Buenos Aires, e tem como plano de fundo a Guerra Economica entre a China e os estados Unidos, que começa até a afectar o Brasil. Nesta sexta feira, um terramoto de magnitude 3.8 atingiu a Argentina a 33 km a sul de Buenos Aires, de acordo com o Centro Mediterrâneo Europeu de Sismologia, onde um numero de pessoas ouviram um som potente antes de sentirem os candeeiros moverem.se. O centro GeologicalSurvey dos Estados Unidos indica que o terramoto atingiu aproximadamente às 13.27 GMT e teve uma profundidade de 10 km.

Nesta cimeira estão presentes os líderesDonaldTrump, Vladimir Putin e TheresaMay. Alguns dos acordos que terão lugar neste encontro focam se em pontos chaves pressionados por DonalTrump, que assinou uma versão corrigida do Acordo Norte Americano de Comercio Livre (Nafta) na sexta feira de manha, com o primeiro Ministro Canadiano JistinTrudeau e o Presidente Mexicano Enrique Pena Neto. Estas negociações ocorreram em ordemdas mudanças Norte Americanas nos últimos meses da sua presidência.




O presidente Norte Americano também é esperado que se encontre com o presidente Chines Xi Jinping com a esperança final de que os dois gigantes a nível mundial assinem um acordo comercial . Após meses de guerra económica que levaram ambos os países a importar taxas nas exportações, no valor de centenas de bilhões de dólares é esperado que finalmente cheguem a acordo para beneficio de todos os envolvidos. O presidente Americano já sugeriu que se este acordo não for realizado poderão ser implementadas mais taxas. No entanto, a China pretende dissuadir o governo Americano de aumentar as tarifas de mais de $200biliões em bens, que se encontra em 10 por cento, para 25 por cento em Janeiro.

Uma sombra foi colocada sobre este encontro após o assassinato no mês passado do jornalista do Washington Post, JamalKhashoggi, que foi desmembrado apos visitar o consulado da Arabia Saudita na Turquia. A CIA afirmar que o príncipe Mohammed bin Salman ordenou o assassinato de Khashoggi, que o governo Saudita negou. A presença do príncipe foi encarada com um desagrado não explicitado no encontro devido às suspeitas do seu envolvimento na morte do jornalista.

Os EUA e a China tentam chegar a acordo




Quanto à continua Guerra comercial entre os estados unidos e a China, o valor das ações dos EUA aumentaram na sexta-feira, mostrando a esperança que o objetivo de um acordo pudesse ser alcançado, para confirmar estas teorias o Ministro dos negócios estrangeiros Chinesdisse que havia sinais de consenso apesar das diferenças de opinião continuarem.

Apesar de alguns lados estarem próximos de chegar a acordo durante o encontro G20, o Presidente do Concelho Europeu, DonalTusk afirmou que a União Europeia iria continuar a manter as suas sanções económicas a Moscovo no próximo mês, após navios Russos dispararem a Navios Ucranianos no Mar deAzov esta passada semana.




O presidente Norte Americano também indicou este incidente com os navios como a razão de ter cancelado uma reunião bilateral com o presidenteRusso , Vladimir Putin, onde era esperado que fossem discutidas as ameaças americanas à retirada do tratado da guerra-fria sobre as armas nucleares de alcance intermedio.

Confira também

Duas crianças brasileiras morrem após rocha se soltar em represa no Chile

Uma tragédia matou duas meninas brasileiras, de 3 e 7 anos, nesta segunda-feira (3), no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *