Carro bate de frente com caminhão e duas pessoas morrem

Foto: Paulo Roberto da Rádio
Uma tragédia ocorreu na rodovia MG-265, que liga Divino à BR-116, a cerca de 50 km de Miradouro, por volta das 20h30, da noite de quinta-feira, 29/04, em um local altamente perigoso, conhecido como a curva da “Volta Fria”.

Infelizmente, o condutor de um veículo Toyota Corola não conseguiu fazer a curva e acabou invadindo a contramão de direção. O carro acabou debaixo de um caminhão Mercedes Benz Argo, que vinha do Ceasa, lotado de produtos de hortifruti.

Com o impacto, o caminhão que descia no sentido Divino, onde seguiria para Carangola, acabou tombando e fechando a pista em ambos sentidos, tendo os demais usuários da via trafegado pelo acostamento para seguir viagem, mas somente carros pequenos, até a retirada dos veículos da pista.

Lamentavelmente, o motorista do Toyota, identificado como Wagner Silva, de 38 anos, popularmente conhecido em Divino como “Waguinho”, faleceu preso entre as ferragens.

Já o carona do carro que viajava na poltrona da frente, que era cunhado do condutor, foi identificado como Miguel Rodrigues, de 18 anos. Ele foi arremessado para fora do carro, não resistindo a gravidade dos ferimentos e também faleceu no local do acidente.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Paulo Roberto da Rádio, que esteve no local, o jovem de 18 anos estaria passando alguns dias em Divino para atuar na colheita de café.

O pai do condutor do automóvel esteve na cena do acidente. Ele que está enfrentando um problema de saúde já teria perdido dois filhos de maneira trágica e recentemente a sua esposa também morreu.

Duas vítimas do sexo feminino, que são irmãs, de 22 e 15 anos de idade, que viajavam no banco traseiro do automóvel, foram socorridas com ferimentos aparentemente leves por uma equipe SAMU e levadas para o hospital da cidade de Divino, onde seria avaliado se seria necessário conduzi-las para a Casa de Caridade de Carangola.

O Corpo de Bombeiros de Manhuaçu resgatou condutor do carro, que ficou preso entre as ferragens, sendo ainda encontrado dentro do automóvel bebida alcoólica e uma arma de fogo carregada com sete munições. O caminhoneiro sofreu apenas leves escoriações e passa bem.

A Polícia Militar esteve no local, através do soldado Cipriano e da soldada Débora, que preservaram o local até a chegada da perícia da 4ª Delegacia de Polícia Civil de Muriaé, que realizou os trabalhos periciais e liberou os corpos para uma funerária leva-los até ao Instituto Médico Legal (IML) de Muriaé.

A carga de frutas que estava no caminhão foi transportada para outro caminhão e um guincho de Carangola fez o destombamento do caminhão e tomou as demais providências.

Fonte: Paulo Roberto da Rádio


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo