Cataguases volta a sofrer com enchentes e rio Pomba deve continuar subindo nas próximas horas

A chuva intensa que cai sobre a região trouxe enchente para as cidades de Astolfo Dutra, Dona Euzébia e Cataguases.

Há pontos de alagamentos em Astolfo Dutra, mas ainda não há informações detalhadas a respeito da situação atual. Já em Dona Euzébia a Defesa Civil do município divulgou boletim, pouco depois do meio dia, informando “estado de inundação” devido ao nível do rio Pomba estar em 4,05 metros. Lá, como em Astolfo Dutra, o Pomba é afetado diretamente pela vazão da PCH Ivan Botelho III, que às 11:45h informou estar jogando no leito daquele rio 441 metros cúbicos por segundo de água.

Em Cataguases a região alagada pelas águas do Pomba e do Meia Pataca seguem aumentando, como mostra a foto acima gentilmente cedida por Emanuel Messias. Até o fechamento desta edição, a área entre a entrada da Vila Reis até a Rodoviária (inclusive Policlínica) estava inundada, bem como o trecho da Avenida Meia Pataca na altura do Star Soccer, parte baixa do Bairro Pouso Alegre e da Pampulha, além de parte do Bairro Beira Rio e São Diniz.

A Catrans alterou o fluxo de veículos em parte da Rua Tenente Luiz Ribeiro em função da enchente e segue monitorando a situação visando possíveis novas intervenções. Neste sentido orienta a todos a ficar em casa e só sair em caso de necessidade. O Prefeito José Henriques assina, a qualquer momento decreto de Situação de Emergência no município.

INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA

A Energisa informa que está mobilizada com suas equipes e acompanhando em tempo real a situação dos municípios que estão enfrentando alagamentos, em função das constantes chuvas dos últimos dias. A Energisa reforça que está trabalhando 24 horas, realizando vistorias, com equipes extras para essa situação atípica, além da identificação de possíveis riscos elétricos em situações emergenciais.

Por medida de segurança, a Energisa precisou desligar a energia de algumas ruas de Cataguases onde as águas já atingiam os medidores de energia, devido à elevação do volume de água.

À medida em que o volume das águas retorna à condição de segurança, a Energisa normaliza o fornecimento de energia aos clientes desligados.

Em caso de dúvidas entre em contato com a Energisa pelo 0800 032 0196 ou pelas redes sociais.

Fonte: Marcelo Lopes

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo