Comunidades quilombolas de Ubá e região recebem primeira dose da vacina contra a covid-19

A 11ª remessa de imunizantes contra a covid-19 entregue pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) à Unidade Regional de Saúde (URS) de Ubá contemplou como parte do público prioritário as quatro comunidades quilombolas do território, localizadas nos municípios de Mercês, Rio Pomba, Tabuleiro e Ubá.

As Secretarias Municipais de Saúde procederam com a imunização entre os dias 9 e 15 de abril, totalizando 380 pessoas que receberam a primeira dose da vacina Astrazeneca, agendando a segunda aplicação para após 90 dias.

Maria Luiza Marcelino, presidente do Quilombo Namastê, de Ubá, considera importante que a comunidade tenha alcançado a prioridade na vacinação. “Graças a Deus, ninguém aqui do quilombo contraiu essa doença. Com a primeira dose da vacina, não que me sinta totalmente segura, mas tenho a sensação que todos já estamos sendo imunizados. Considero que agora tenho duas proteções, uma que é a vacina e a outra pelos santos que protegem nosso terreiro”, falou a mãe de santo, que tem 63 anos.

Todas as comunidades que estão na área da URS de Ubá, que compõem o público eletivo para a vacinação, têm certificação que as reconhecem como povo de quilombos. “A segunda dose está prevista no Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e será entregue pela SES-MG no período recomendado para a aplicação. Os vacinadores das prefeituras retornarão aos locais para completar o esquema vacinal dessa população. É com satisfação que temos trabalhado para que as pessoas tenham acesso à proteção e que nossa região consiga superar esse período da pandemia”, afirmou Aline de Almeida Prado, diretora da URS Ubá.

Fonte: SES-MG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo