Energisa facilita o pagamento de contas atrasadas para clientes

O Grupo Energisa, maior grupo privado do setor elétrico com capital nacional inicia, neste mês de outubro, uma nova campanha de negociação para facilitar o pagamento de contas em atraso.

A campanha traz condições especiais para o público inserido na chamada Tarifa Social, com destaque para a possibilidade de parcelamento dos débitos em até 24 vezes no cartão de crédito e condições exclusivas para negociação pelos canais digitais de atendimento da Energisa, como o WhatsApp da Gisa, aplicativo Energisa On (disponível nas lojas virtuais) e site energisa.com.br.

Atualmente, a Energisa atende a cerca de 1,570 milhão de clientes dentro da Tarifa Social nos 11 estados onde atua como distribuidora. Concedido pelo Governo Federal, o benefício da Tarifa Social é voltado para famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa, e que podem obter descontos de até 65% na tarifa.

Interessados que estejam com uma ou mais contas em atraso podem entrar em contato pelos canais digitais de atendimento da empresa, sem precisar sair de casa. É preciso ter em mãos os documentos pessoais (CPF e RG). A Energisa quer facilitar a vida dos clientes e está analisando a situação de cada um para chegar na melhor negociação possível. As condições são válidas para faturas que não foram negociadas anteriormente.

Opções para todos os clientes

A Energisa também oferece outras facilidades de pagamento para todos os clientes, incluindo os da tarifa social. Quem estiver com contas vencidas com mais 180 dias podem ter até 40% de desconto – feitos sobre os juros e multa – no valor final para pagamentos à vista. Quem não puder pagar dessa forma, tem a opção de parcelar o valor no cartão de crédito em até 12 vezes também ou na fatura de energia.

Com os impactos da pandemia da Covid-19 na economia, a Energisa estudou alternativas para que os clientes da empresa tivessem as melhores condições possíveis na hora de negociar. Nesta campanha, por exemplo, o índice de correção monetária utilizado na negociação será o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que vem tendo reajustes mais baixos, impactando menos no valor final da dívida após ela ser atualizada.

Como negociar de onde você estiver

Os clientes podem optar por um dos canais digitais disponíveis de sua preferência. Para negociar pela GISA, assistente virtual disponível 24 horas por dia pelo WhatsApp, é só escrever a palavra Parcelamento e dar início à conversa. Se preferir pelo site, basta acessar a Agência Virtual em https://www.energisa.com.br/paginas/login.aspx, realizar o cadastro e selecionar a opção ‘Negociar Dívida’. No APP Energisa On, só clicar no ícone Parcelamento. Outra facilidade é o pagamento de faturas de energia por Pix, que já está disponível para todos os clientes.

Sobre a Energisa

Com 116 anos de história, o Grupo Energisa é o maior privado do setor elétrico com capital nacional e o também o maior na Amazônia Legal. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 18 bilhões (2020), o Grupo atende a 8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de mais de 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de call center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora), soluções em energias renováveis (Alsol) e agora a fintech Voltz, que entra no mercado de contas digitais.

Fonte: Energisa


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo