Home / Notícias / Região / Jovem mata namorada a facadas por suspeitar que ela tinha AIDS

Jovem mata namorada a facadas por suspeitar que ela tinha AIDS

Um jovem matou namorada a facadas por suspeitar que ela era portadora do vírus HIV. O crime ocorreu na quarta-feira (18), em Viçosa.

A mãe do jovem presenciou a cena do crime e, ao tentar impedir a ação do filho, foi ameaçada de morte por ele. Rosilene Bernardo, de 29 anos, tinha cortes nas costas, pescoço e outras partes do corpo.

Os militares foram até a casa do namorado da vítima, Wesley Pereira, de 18 anos. Lá, eles encontraram uma faca de serra perto do portão. Os oficiais cercaram o imóvel e Pereira permitiu a entrada dos militares.




O jovem confessou espontaneamente, de acordo com a PM, que matou a companheira porque ficou sabendo, por meio de amigo, que teria AIDS. Pereira disse que chegou a perguntar se o fato era verdade, porém Rosilene negou. Ele não ficou convencido com a resposta e começou a esfaqueá-la nos fundos de sua casa. Ele ainda teria tentado decapitar a moça, mas a faca quebrou.

A mãe do suspeito, Selma Julia, estava no imóvel quando o crime começou, mas não quis presenciar o fim e fugiu correndo. Selma contou aos policiais que ouviu os gritos da vítima e tentou convencer o filho a não esfaquear Rosilene. Pereira, então, apontou a faca para a mãe e disse que se ela não saísse, a mataria também. Nesse momento, Selma relatou que fugiu para a casa de sua mãe.

O jovem foi levado para a delegacia da cidade.

Fonte: O Tempo

Confira também

Prefeitura de Caparaó abre processo seletivo para a área de Saúde

A Prefeitura de Caparaó divulgou edital nº 022/2018 de processo seletivo destinado a contratação de …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *