Operação “Independência” é deflagrada pela polícia em Teixeiras para apurar fraudes contra aposentados

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, na quarta-feira (1/12), a operação “Independência”, no município de Teixeiras, na Zona da Mata mineira, visando apurar fraudes supostamente aplicadas em aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Na ocasião, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em três residências e em um escritório de advocacia, onde documentos foram apreendidos.

Conforme informações do delegado José Marcelo de Paula Loureiro, as investigações estão em curso desde o ano de 2019 e apuram denúncias que estão presentes em sete inquéritos, envolvendo a participação de três suspeitos na prática criminosa, entre eles, um advogado e os seus dois irmãos, indivíduos que atendiam em um escritório de advocacia na cidade de Teixeiras.

Segundo a autoridade policial, apurações indicam que as vítimas procuravam auxílio no local, com o intuito de requerer o pedido de aposentaria. “Quando a pessoa conseguia obter o recurso, levantamentos apontam que eles mantinham o cartão da vitima e recebiam pela pessoa. Há históricos de valores que não foram repassados às vítimas, inclusive de empréstimos que foram contraídos”, explica, ressaltando que as apurações seguem em andamento.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar, além da participação de policiais civis de Teixeiras, mas também da Delegacia Regional de Polícia Civil em Viçosa.

Fonte: PCMG

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo